CRÉDITO DE DESPESAS MÉDICAS E O TAX RETURN

O contribuinte, residente fiscal Canadense, pode deduzir despesas médicas elegíveis, do próprio contribuinte, esposo(a), e dependentes, pagas num período qualquer de 12 meses terminados no final do ano calendário do qual o imposto de renda se refere, ou aquelas despesas médicas que não foram deduzidas no tax return anterior.

Aqui neste link tem uma lista das despesas médicas elegíveis.

Exemplificando, no tax return de 2015, que tem que ser enviado até 30/04/2016, podemos deduzir despesas médicas de um período de 12 meses terminando em 2015, ou seja, podemos deduzir despesas que foram realizadas dentro dos períodos:

  1. de Janeiro de 2014 a Janeiro de 2015 (as despesas de 2014 só poderão ser deduzidas se não foram deduzidas no tax return de 2014);
  2. de Dezembro de 2014 a Dezembro de 2015 (as despesas de 2014 só poderão ser deduzidas se não foram deduzidas no tax return de 2014).

O valor que pode ser deduzido das despesas médicas é o resultado da subtração do valor total gasto com as despesas médicas e o que for menor: 3% da renda líquida ou $2,208 (valor de 2016). Este resultado gera um crédito de despesas médicas que será multiplicado pela alíquota de 15% e gerará um crédito de imposto não restituível, que não gera restituição de imposto, ele somente pode diminuir o imposto a pagar até zero.

Exemplificando: vamos supor que temos um casal de contribuintes, O João com renda líquida de $60,000 e a Maria com renda líquida de $20,000. O total gasto com despesas médicas elegíveis durante o ano de 2015 foi de $2,000.

Então fazemos os seguintes cálculos:

  • 3% da renda líquida do João: 3% X $60,000 = $1,800
  • 3% da renda líquida da Maria: 3% X $20,000 = $600
  • João: o que é menor $1,800 (3% da renda líquida) ou $2,208? Resposta: $1,800
  • Maria: o que é menor $600 (3% da renda líquida) ou $2,208? Resposta: $600
  • créditos de despesas médicas no tax return do João: $2,000 – $1,800 = $200
  • créditos de despesas médicas no tax return da Maria: $2,000 – $600 = $1,200

Portanto, é melhor deduzirmos as despesas médicas no tax return da Maria, que tem menor renda líquida,  pois vai gerar mais créditos.

Finalmente, multiplicamos os $1,200 pela alíquota de 15% = $180 que será o crédito de imposto não restituível que a Maria terá direito.

Vamos fazer duas suposições:

  1. Maria tinha imposto a pagar de $150: então o crédito de imposto das despesas médicas de $180, será completamente usado e vai zerar o imposto devido pela Maria. Note que ela não terá restituição de imposto dos $30 ($150 – $180 = -$30) pois o crédito é não restituível;
  2. Maria tinha imposto a pagar de $500: então o valor do imposto devido será de $500 – $180 = $320. Note que este valor não é o imposto definitivo que Maria terá que pagar pois ela pode ter tido imposto retido na fonte sobre o salário, vamos supor de $600, e aí ela teria uma restituição de imposto de renda (refund) de $$280

Qualquer dúvida, entre em contato: info@megatax.ca